Disciplina Curricular

Rega e Drenagem RDre

Mestrado Bolonha em Ciência de Dados em Agricultura, Alimentação, Floresta e Ambiente - M.CDAAFA 2022/2023

Contextos

Grupo: M.CDAAFA 2022/2023 > 2º Ciclo > Parte Escolar > OPTATIVAS > Optativas 1 Ano, 1 Sem. ( Opção 1 e Opção 2 )

Período:

Peso

6.0 (para cálculo da média)

Objectivos

A unidade curricular de Rega e Drenagem é direcionada para alunos que se preparam para uma atividade profissional, onde irão trabalhar, direta ou indiretamente, com questões relacionadas com a utilização do recurso água no âmbito da agricultura. Por esta razão, a UC apresenta como objetivo geral proporcionar aos alunos a oportunidade de adquirir ou consolidar e integrar conhecimentos, de carácter não apenas científico, mas também técnico, relativos ao uso e gestão da água nos sistemas solo-planta-atmosfera, e às tecnologias da rega e drenagem. A aquisição destes conhecimentos é essencial para a participação do engenheiro quer na gestão e desenvolvimento dos atuais regadios, coletivos ou privados, quer nas atividades de estudo, projeto e desenvolvimento de novos regadios. Trata, pois, o presente programa, do estudo do regadio na perspetiva da proteção do ambiente, em especial dos recursos solo e água, simultaneamente procurando aplicar as melhores tecnologias à resolução dos problemas da agricultura de regadio. Os objetivos específicos da unidade curricular são: • Aprofundar o conhecimento das relações água-solo-planta-atmosfera de modo a melhorar a gestão da água em sistemas de produção; • Saber calcular necessidades de rega das culturas com base em séries temporais climáticas; • Desenvolver conhecimento sobre os diferentes tipos de sistemas de rega, as suas componentes, aplicabilidade, instalação, equipamentos, critérios de gestão e avaliação do desempenho; • Dimensionar sistemas de rega dadas as necessidades da cultura, o solo, o clima e as disponibilidades de água e energia; • Adquirir conhecimento sobre as inovações no setor da rega; • Saber selecionar as tecnologias de rega mais adequadas a determinada situação; • Conhecer, instalar e utilizar equipamentos diversos para a condução da rega em tempo real; • Fazer planos de programação e condução da rega de acordo com diferentes objetivos de produção; • Adquirir conhecimento sobre a captação da água para a rega e o seu transporte e distribuição até à parcela agrícola, incluindo as estruturas hidráulica e os procedimentos de gestão; • Saber calcular caudais de drenagem e dimensionar sistemas de drenagem superficiais e subterrâneos; • Conhecer os materiais de drenagem disponíveis no mercado e saber escolher os mais adequados a cada situação; • Sensibilizar os alunos para o facto de que as soluções adotadas para os sistemas de rega e drenagem devem considerar o ponto de vista ambiental, isto é, utilizar os recursos solo, água e energia consoante as suas disponibilidade e capacidade de renovação e num contexto de alterações climáticas;

Programa

Introdução: Rega e gestão da água - contexto geográfico, pedo-climático, hidrológico. Objetivos da rega. Distinguir finalidades de projeto e de gestão da rega. Importância quantitativa da rega em Portugal (por bacias hidrográficas, por culturas, ...) e seu significado. Gestão do recurso água; casos especiais, relação com a conservação dos recursos. Parte 1: Gestão da rega ao nível da parcela 1. Necessidades de rega: Necessidades hídricas das culturas; Relações solo-água (revisão), balanço hídrico, necessidade líquidas de rega, eficiência de rega, fração de lixiviação; 2. Programação e condução da rega: utilização de dados climáticos históricos; equipamentos e indicadores para a condução da rega; Rega deficitária Parte 2: Sistemas e tecnologias de rega 1. Dimensionamento, gestão e avaliação do desempenho de sistemas de rega na parcela: sistemas de rega por aspersão e sistemas de rega localizada; 2. Aproveitamentos hidroagrícolas: Definição, objetivos e legislação; Constituição; principais estruturas hidráulicas e suas funções; Gestão da distribuição de água; Caudal de dimensionamento; 3. Novas tecnologias de rega – digitalização da rega; Parte 3: Drenagem agrícola Benefícios da drenagem; Solo e Drenagem. Dinâmica da água no solo; Fórmulas de drenagem; Técnicas de drenagem. Critérios de drenagem. Determinação da condutividade hidráulica; Estudos e investigações de drenagem; Manutenção das redes de drenagem; Drenagem de terrenos inclinados; Drenagem superficial; Drenos toupeira.

Métodos de ensino e avaliação

As horas semanais estão repartidas por 2.5 h de aula teórica e 2.5 h de aula teórico-prática.
Nas aulas teóricas far-se-á a apresentação dos fundamentos teóricos necessários para a compreensão e realização dos problemas das aulas práticas. No entanto, em algumas aulas teóricas serão apresentadas aplicações práticas para melhor compreensão da matéria.
Uma aula teórico-prática decorrerá num campo da Tapada da Ajuda, se as condições meteorológicas assim o permitirem, para instalação e manuseio de diferentes equipamentos para a condução da rega.
Os alunos deverão ter uma participação ativa nas aulas, devendo levar para todas as aulas máquina de calcular. Para algumas aulas, a indicar durante o semestre, os alunos serão aconselhados a levar computador portátil.
Para acesso à avaliação, os alunos devem obter frequência através da presença em 75 % das aulas teórico-práticas. Os alunos que não obtiverem frequência, não poderão realizar o 2º teste nem o exame final.
A avaliação apresenta duas modalidades:
1. Exame final com toda a matéria (acesso mediante frequência válida);
2. Avaliação contínua (acesso mediante frequência válida) com a realização de dois testes, com igual peso, um durante o semestre (em data anunciada na 1ª aula) e o outro na 1ª data de exame (definida pelo CP). Para serem aceites para realização dos testes, os alunos deverão fazer inscrição na plataforma FENIX.
Quer o exame final quer os testes consistem numa prova escrita, sem consulta, com uma componente teórica (perguntas de escolha múltipla/de resposta curta/de desenvolvimento) e uma componente prática (resolução de exercícios).
Os pesos de cada componente são:
Teste 1: teórica 50% e prática 50 %
Teste 2: teórica 35% e prática 65 %
Uma classificação igual ou superior a 10 valores confere a aprovação na UC

Disciplinas Execução

2022/2023 - 1º semestre