Breve Introdução

O Engenheiro Agrónomo é um profissional com conhecimento de base científica (matemática, física, biologia, química e economia), de engenharia, em geral, e de agronomia, em particular (ciências aplicadas e tecnologias), e do meio agrário, que é capaz de analisar, compreender, conceber, planear, projectar e dirigir actividades relacionadas com o sector agrícola, bem como promover a resolução de problemas por elas suscitados.

O Instituto Superior de Agronomia, primeira escola de ensino da agricultura do país, utilizou a experiência conseguida ao longo de mais de um século de actividade para evoluir para novas áreas profissionais e do conhecimento técnico-científico. O Mestrado em Engenharia Agronómica mantém a formação polivalente e abrangente, que ao longo do tempo tanto tem prestigiado os engenheiros agrónomos, associada a uma formação mais especializada e voltada para as novas oportunidades e saídas profissionais. A qualidade do ensino é garantida por um corpo docente altamente qualificado, pelo elevado número de visitas de estudo e de trabalhos práticos e por uma boa formação científica voltada para a capacidade de inovação e de resolução de problemas. Na preparação dos programas é dada especial atenção à preservação do ambiente, sustentabilidade dos recursos e utilização das novas tecnologias com vista a preparar o agrónomo para exercer a sua actividade aos mais diversos níveis do produtor ao consumidor, com especial atenção para oportunidades de emprego fora das actividades agrícolas tradicionais.



Historial

Avaliação/Acreditação/Registo:
Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Ef 2079/2011/AL02

Publicação em Diário da República:
Despacho nº 7545/2017

Publicações anteriores:
Despacho nº 4648/2014
Despacho nº 5688/2010
Despacho nº 10770/2008
Despacho nº 22726-O/2007

Objetivos

O principal objetivo do curso de Mestrado em Engenharia Agronómica é o de formar profissionais que possuam formação académica que lhes permita aplicar, através da metodologia científica e técnica apropriada, tanto os conhecimentos de base da Engenharia (Matemática, Física e Química) como das disciplinas profissionalizantes em atividades e projetos relativos à produção e/ou transformação dos produtos vegetais e animais, e/ou à conservação e gestão de recursos naturais e ambientais, dentro de formas económica e socialmente viáveis, salvaguardando a proteção ativa do património e da paisagem rural. 

O mestrado está estruturado num tronco comum donde derivam as seguintes áreas de especialização:

- Agro-Pecuária - formação técnico-científica aprofundada na área dos sistemas agro-pecuários integrando a agronomia com a ecologia e as ciências económico-sociais.

- Engenharia Rural - formação técnico-científica aprofundada da análise e planeamento de projetos integrando conceitos nas áreas das ciências e da engenharia e tecnologias agrícolas.

- Hortofruticultura e Viticultura - formação técnico-científica aprofundada na área da horticultura herbácea e ornamental, da fruticultura e da viticultura integrando conceitos nas áreas das ciências e da engenharia.

- Protecção de Plantas - Formação multidisciplinar teórica e prática na área da proteção de plantas, incluindo entomologia, fitopatologia, herbologia, utilização sustentável dos pesticidas e proteção das culturas, seguindo os princípios da proteção integrada e focada nas exigências da produção agrícola, qualidade alimentar e proteção ambiental.

Regime de Funcionamento

Diurno

Propinas

Anual 2018/2019

Estudantes nacionais: 1.250,00 €
 
Estudantes internacionais: 3.000 €

Coordenadores

Maria do Rosário da Conceição Cameira